Pesquisas

CEP - Comitê de Ética em Pesquisa

Apresentação 

 

O Comitê de Ética em Pesquisa - CEP do UNIFIEO foi instituído em julho de 2007 quando o então Reitor, Professor Luiz Fernando da Costa e Silva, nomeou os membros para sua composição. O CEP é um colegiado interdisciplinar e conta com 12 profissionais da casa e um representante de usuários.

 

O CEP é responsável pela revisão ética de toda e qualquer proposta de pesquisa envolvendo seres humanos a fim de garantir e resguardar a integridade e os direitos dos indivíduos que, voluntariamente, aceitam participar como pesquisados.

Pesquisas com animais deverão ser submetidas à análise de Comitê de Ética específico.

 

Quando um projeto deve ser encaminhado ao Comitê de Ética em Pesquisa? 

Conforme definido na Resolução 466/12 do CONEP - Comitê Nacional de Ética em Pesquisa, todo e qualquer projeto de pesquisa que envolva seres humanos para a obtenção de resultados, direta ou indiretamente, devem ser submetidos à apreciação do CEP. Incluem os projetos com dados secundários, pesquisas sociológicas, antropológicas e epidemiológicas, tanto da graduação (Trabalhos de Conclusão de Curso, Iniciação Científica) como Pós-Graduação (Monografias, Dissertações e Teses) e demais áreas de pesquisa, tais como pesquisas com algum tipo de intervenção, quer seja testes com drogas, vacinas, testes diagnósticos, tratamentos medicamentosos ou fisioterápicos e também pesquisas qualitativas com aplicação de questionários, entrevistas ou técnicas de observação (incluindo entrevistas por internet, questionários ou coleta de dados secundários, mesmo sem identificação dos pesquisados).

Procedimentos para encaminhamento de projeto:

 

Encaminhar de forma on-line, através da Plataforma Brasil os seguintes documentos (preferencialmente em pdf):

 

a) Folha de Rosto assinada pelo pesquisador e pela Instituição Proponente, quando existir (conforme modelo proposto pela PB);

 

b) Projeto de Pesquisa na íntegra (conteúdo: introdução, objetivos, justificativas, materiais e métodos, motivação, bibliografia - anexar questionários que forem pertinentes);

 

c) Termo de consentimento livre e esclarecido com carta de informação sobre a pesquisa. Deverá ser escrito em linguagem coloquial e dirigido ao voluntário, contendo a descrição dos procedimentos e objetivos da pesquisa, os riscos, benefícios e direitos do voluntário, além do telefone e e-mail do pesquisador e do orientador. Sugere-se seguir modelo padrão que poderá ser modificado para adequar-se às características da pesquisa e do voluntário.| Termo de Consentimento.

 

d) Carta de aceite da instituição onde será realizada a pesquisa, autorizando sua realização (empresa, hospital, laboratório, parque etc.). Deverá ser redigida em papel timbrado e conter data, carimbo e assinatura dos responsáveis pela instituição.

O projeto deve ser encaminhado até o dia 20 de cada mês. Outros documentos poderão ser requisitados a qualquer tempo, caso o CEP entenda ser necessário. Consultas sobre o andamento do processo podem ser obtidas através da PB. O prazo para manifestação do CEP-UNIFIEO será de 30 dias do recebimento do projeto com a documentação solicitada.

 

Procedimentos para Inscrição na Plataforma Brasil:

 

Para submeter um projeto através da Plataforma Brasil o pesquisador deverá estar cadastrado. Caso o pesquisador não tenha concluído a graduação, o orientador deverá constar como pesquisador responsável e o aluno deverá constar como pesquisador assistente. Por uma questão de maior facilidade em localizá-lo, sugere-se que preencha o nome completo no campo “NOME SOCIAL”. Caso seja vinculado ao UNIFIEO, no campo “Vínculo com Instituição de Pesquisa” procurar por “INSTITUTO DE ENSINO PARA OSASCO”. Anexar uma cópia digitalizada de um documento de identidade com foto (recomenda-se o formato ’JPG’ ou ’PDF’ com resolução de 1000DPI a 2000DPI) e o envio do currículo vitae em formato doc, docx, odt ou pdf (2MB máximo). Sugere-se que os arquivos sejam providenciados antes do cadastramento.

Caso haja dúvidas consultar os manuais contidos na Central de Suporte da Plataforma Brasil.

Observações:

a) O Projeto inscrito será encaminhado pela PB para o CEP correspondente (ao que o pesquisador tiver vínculo). Caso não tenha nenhum vínculo, a documentação automaticamente será encaminhada para o CEP de endereço mais próximo. Se o pesquisador desejar que seja analisado por um CEP específico, deve enviar e-mail para o CONEP solicitando tal encaminhamento após a submissão do projeto na PB.

b) Cabe aos pesquisadores avaliarem a necessidade de submissão de projetos de pesquisa à análise deste comitê.

d) Uma vez que o projeto seja aprovado o pesquisador deverá enviar relatórios semestrais e relatório final ao CEP.

​​

Contato – CEP UNIFIEO 

Outras dúvidas podem ser sanadas por e-mail ou pelo Tel.: 11.3651-9978 diariamente após às 13h30.

 

PIC - Programa de Iniciação Científica

Apresentação

O PIC - Programa de Iniciação Cientifica, é um Programa Institucional, subordinado à Pró-Reitoria Acadêmica, aprovado por resolução desde 02/08/99. Voltado aos discentes da Instituição, possibilita a qualquer aluno dos cursos de graduação, interessado em realizar pesquisas, a que se candidate ao processo de seleção de uma das10 vagas semestrais.


Tem como objetivos:

Estimular a produção científica da graduação em diversas áreas, proporcionando o intercâmbio de conhecimento entre alunos, professores, comunidade e outros profissionais do meio acadêmico;

Possibilitar maior integração entre graduação e pós-graduação;

Contribuir para a sistematização e institucionalização da Pesquisa;

Compartilhar os conhecimentos obtidos, a fim de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da sociedade, estimulando assim novas pesquisas.

 

Regulamento

Ficha de inscrição para o Programa Iniciação Cientifica  

Instruções para preencher o projeto de pesquisa 

Edital

 

Local - Bloco Branco, 4º andar, sala: Núcleo de Comissões

Av. Franz Voegeli, 300, Vila Yara, Osasco/SP – Cep: 06020-190.

Tel.: 11.3651.9986 | e-mail

 

IFIP - Instituto FIEO de Pesquisa

O IFIP - Instituto FIEO de Pesquisa é um órgão que tem por finalidade difundir, gerenciar, avaliar e fomentar a pesquisa institucional.

O órgão está vinculado à Pró-Reitoria Acadêmica, responsável por receber as propostas de pesquisa dos professores e conceder o apoio financeiro necessário, se aprovadas.

Os projetos de pesquisa são protocolados na Secretaria do IFIP, mediante preenchimento de formulário específico à disposição dos professores interessados, sendo dois os períodos anuais de concessão de bolsas e auxílios.

Neste órgão são congregados professores da mais alta titulação, divididos por áreas de conhecimento, a fim de avaliar os projetos enviados. 

Planejado para apresentar resultados em médio e longo prazos, o IFIP tornou-se uma das condições e motivações básicas para a implantação de programas de Pós-Graduação Stricto Sensu, para os quais destina os meios financeiros e instrumentais de desenvolvimento da pesquisa integrada.

 

PIM -  Programa Institucional de Monitoria

O Programa Institucional de Monitoria - PIM tem por objetivo principal estimular o desenvolvimento da vocação para o magistério nos alunos que apresentem excelência em seu rendimento escolar.

Como consequência, o Programa possibilita que a instituição tome ações mais pró-ativas e competitivas na transmissão do conhecimento e na construção do saber; qualifica os melhores alunos, com vistas à continuidade da respectiva formação acadêmica, especialmente para o encaminhamento deles aos programas de pós-graduação; proporciona a aprendizagem de técnicas e métodos de ensino, assim como, estimula o desenvolvimento do pensamento científico, da criatividade e da produção acadêmica dos discentes; desperta a percepção dos alunos para os problemas sociais, tornando-os mais conscientes, inclusive para as necessidades de seus colegas; estimula a aproximação dos docentes à realidade vivenciada pelos alunos, a partir do momento em que o contato com os monitores é estabelecido.

Os alunos interessados na Monitoria deverão passar por uma seleção divulgada por edital elaborado pelo Coordenador do PIM, pelo prazo de trinta dias antes da realização da seleção. No edital do concurso de seleção constarão informações relativas a todos os itens referentes à monitoria.

 

Clique aqui para consultar o Edital e o Regimento.

 

Clique aqui para acessar a ficha de inscrição.

Qual é número de vagas de monitores do Programa Institucional de Monitoria?
Foi estabelecido o número de 40 vagas para participação no PIM, sendo 20 com direito a bolsa e 20 para voluntários.

Quais disciplinas são eleitas pelo PIM?
Os coordenadores dos cursos indicarão as disciplinas e os orientadores, de acordo com a prioridade do curso.

Quando e como posso me inscrever?
Ver prazos os editais. Você poderá se inscrever no Programa Institucional de Monitoria, no 4º andar do Bloco Branco – campus Vila Yara, para os candidatos dos cursos noturnos. Para os dos cursos matutinos, na Secretaria de Cursos. A inscrição se realizará após preenchimento de um formulário próprio e entrega de um curriculum vitae.

Como será realizada a seleção de candidatos? Quando ela ocorrerá?
A seleção será constituída de duas etapas: provas escrita e entrevista (apenas com os aprovados) em datas divulgadas nos editais. A 1a etapa será acompanhada pelo coordenador do curso e pelo professor orientador da disciplina.

Quando e como conhecerei o resultado da seleção?
Os candidatos conhecerão os resultados finais da seleção por meio de listas afixadas no quadro de avisos de seus respectivos cursos, pela internet ou na secretaria do PIM no início de cada semestre letivo.

Coordenação - Prof.  Flávio Henrique Corrêa
Telefone 11 3651 9986