Ao longo destas 4 décadas o UNIFIEO vem se estruturando, mais e melhor, em seus recursos físicos, humanos e tecnológicos, visando a excelência da qualidade de ensino e o bem-estar de alunos, professores, funcionários, prestadores de serviço e visitantes.

O UNIFIEO conta hoje com dois campi.

No campus Vila Yara a Instituição abriga todos os cursos de Graduação, Graduação Tecnológica, Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado.
O campus Jd. Wilson abriga a Clínica de Fisioterapia e a Clínica de Psicopedagogia, que prestam serviços à comunidade.

Nos corredores dos 2 campi, estão expostas as quase 1.800 obras de Acervo FIEO de Arte, que a Fundação coleciona desde 1969. São obras de artistas consagrados e de enorme valor artístico e cultural.

As Bibliotecas, com cerca de 150 mil itens, dão suporte ao ensino de todos os cursos. Todo Acervo está informatizado e pode ser consultado on-line. A Sala de Leitura da Biblioteca do campus Vila Yara conta com mesas equipadas com recursos para uso de lap-top.

A completa informatização dos Departamentos Administrativos também facilita o trabalho de seus funcionários, de alunos e de professores. Todos os Departamentos Administrativos fazem uso de um só sistema interligado.

O UNIFIEO oferece aos seus alunos mais de 70 laboratórios, entre eles os diversos de Informática que atendem todos os cursos, dois anfiteatros com capacidade para 250 alunos e 8 auditórios com capacidade para 110 pessoas também atendem aos alunos do campus Vila Yara. 

Cantinas, livrarias, revistarias e copiadoras, oferecem serviços de apoio, no campus Vila Yara, com alguns benefícios aos alunos, como descontos na aquisição de livros e preço de cópias abaixo do mercado

O estacionamento do campus Vila Yara tem capacidade para aproximadamente 300 veículos.

Os prédios foram planejados com rampas e elevadores para o bem estar dos portadores de deficiência física. O UNIFIEO também deixa à disposição de seus usuários um carro elétrico, silencioso, para transporte de idosos, deficientes, gestantes ou de pessoas com dificuldades de locomoção.

Para suavizar os problemas de poluição sonora e do ar, foram deixados 8.000 m² de recuo da avenida dos Autonomistas, no campus Vila Yara. Todas as janelas, das mais de 130 salas de aula deste campus, estão voltadas para um bairro residencial e arborizado.